quinta-feira, 4 de agosto de 2011

Petrifico qualquer sentimento. Respiro o ar do refrigerador, coagulo esperanças frustradas, desritimizo batimentos cardíacos. Crucifico meus afetos e termino sozinho. Ressuscito uma boa relação entre as pessoas enquanto minha mente catequética retorna e entorna meus vocábulos: vieste do pó e ao pó voltarás. As religiões são uma tentativa de amenizar a dor dos humanos e humanizar a desvinculação dos fenômenos terrestres. Minha consciência pesa nos ombros, dói os olhos, enquanto minha aura insistem em lembrar que eu preciso de você.

Guilherme Quintanilha


5 comentários:

J. Ríos disse...

Como sempre surpreendente...Sem palavras!

Deny Alves disse...

Sempre perfeito!

BLOG DO XANDRO® disse...

Oi,amiguinho(achei legal seu blog),visite/siga o Blog do XANDRO(meu blog)vc vai gostar!;)

http://blogdoxandro.blogspot.com/

Anônimo disse...

HI, I just joined this community. I m from China. I like this forum.......hope to learn lot of things here ;-)





------------------------------------------------------------------------
My Poker Blog: Online Poker For Poker details

Os intrigantes pensamentos da Lud disse...

Uma vez ouvi dizer que, quando algo te impressiona muito, te surpreende, ou mesmo, quando te descreve tão profundamente, não há nada, nem uma palavra, nem pensamento, que possa traduzir o que foi sentido. Então, é isso. Belíssimo.