quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

Extraviada II



     Eu quero tudo ao mesmo tempo, sou egocêntrico demais pra ser narrador-observador. Quero juntar os olhares, concentrar as salivas, manter-me sutil para não perder a discrição. Pode entrar, deixei a porta dos fundos aberta, pode pegar o vinho que pus de manhã na geladeira e já deve estar frio. Estou no banheiro, lavando a cueca na pia, você deve passar por mim e me cumprimentar, ou já vá pro quarto, tire a roupa e derrame vinho pelo teu peito. Ainda me lembro quando me pediu em casamento e me olhava nos olhos com teus gestos pequenos, e repetia sempre que eu te pedia, sem hesitar. Tua boca curvava meio trêmula, fazia uns desenhos sutis, meio estranhos. Você abusava do poder que tinha sobre mim, de poder manipular minhas ações pelos meus sentimentos. Isso é desleal. Você vinha e me fazia de vudú. E eu ainda te via em todos os lugares, e quando não via, era porque se escondia. Você sempre quis se mostrar involuntariamente, expelir seu drama natural. Sempre te via nas esquinas, percebia a luz do teu olho quando olhava pro alto. E olhava teu olho, beijava teu beijo, dizia que os poemas que escrevia não eram pra você - mas eram-, e sentia tudo que me passava sem necessariamente querer; como numa espécie de força motivacional: imoral, ilegal, integral.

Guilherme Quintanilha

5 comentários:

Junior Rios disse...

Guilherme, seus textos sempre me trazem identificação, reflexão, lembranças...Me faltam palavras, até mesmo, as mais simples para descrever o que penso ou sinto ao ler...Mas se apenas perfeição servir, assim digo!

Abraço

verônica hiller. disse...

"Sempre te via nas esquinas, percebia a luz do teu olho quando olhava pro alto. E olhava teu olho, beijava teu beijo, dizia que os poemas que escrevia não eram pra você - mas eram-, e sentia tudo que me passava sem necessariamente querer; como numa espécie de força motivacional: imoral, ilegal, integral."


PORRA. e esse final ?! absolutamente arrasou! está perfeito, incrível, envolvente, sensual, M-A-R-A-V-I-L-H-O-S-O. li, me identifiquei e amei, de todo o coração. impecavelmente lindo, sem dúvida alguma.

Jân Bispo disse...

Suas palavras sempre são significativas, narrador observador não faz mesmo seu estilo, e que assim seja, sua participação onipresente e onisciente nos textos sempre os enriquecem, esse é ousado, intenso, ilegal, inteiro e inebriante, viajei nas suas palavras e nas nuances da narração... perfeito, parabéns admiro muito o seu trabalho! sucesssssooooo

Luan Sachetti ; disse...

Sempre tão coerente e tão bem escrito que me transporta para a cena. Fabulosos os teus textos. Parabéns, parabéns e parabéns. Passar por aqui é, sem dúvida, um presente diário. Abraço

Anônimo disse...

Definitely you get it the plot's basic structure, you can play Texas confine 'em and unbroken some of its variants. Texas Holdem is an tranquil distraction to learn, only recalcitrant to master. The "mastering" as for is the costly share, requiring library and practice. This website offers lots of articles and tools to rile you started on the studying. You can convention all you fancy for freed in online poker rooms.